Governo brasileiro em cadeia nacional anuncia seleção de 8,2 mil médicos

23 total views, 2 views today

Governo anunciou na última segunda-feira(26) a contratação e seleção de 8, 2 médicos para o programa mais médico do governo federal.

Publicidade: Apartamento com 2 dormitórios, sala, cozinha, um vaga de garagem, todo reformado no jardim amália

Depois que o presidente eleito, Jair Bolsonaro falou que iria cobrar das autoridades cubanas o direitos dos médicos de lá, que estão trabalhando no Brasil pudessem receber seus salários integralmente e, que tivessem o direito de trazer suas famílias o governo cubano encerrou o contrato com o Brasil, retirando 8, 2 médicos.

Diante da crise estabelecida com a saída dos médicos cubanos, o governo federal então abriu edital convocando 8.517 médicos para preencher o lugar dos médicos cubanos. Em pronunciamento ao lado do ministro da saúde, Gilberto Occhi, o presidente disse que agiu rápido e, como resultado de sua medida o mesmo número de médicos que foram chamados de volta a Cuba já estão sendo preparados para assumir a posição deles.

Os médicos selecionados são médicos que aceitaram trabalhar em cidades e, em regiões até então atendidas pelos médicos cubanos desde 2014, conforme contrato celebrado entre o governo brasileiro de Dilma Rosselff e, o governo de Raúl Castro, presidente de cuba.

Por Daniel Quental/Sebrajor

Siga-nos nas redes sociais

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *