Dois suspeitos de terem matado seis pessoas, foram presos na Portelinha no Capão Redondo

    148 total views, 1 views today

    A policia militar do 37º BPM, Capão Redondo, prenderam nesta terça-feira(19) dois suspeitos de fazerem parte do tribunal do crime.

    Policiais Militares descobriram em um barraco no fundos da comunidade da portelinha, comunidade do Capão Redondo. Entre o jd.Gerivá, parque do Engenho e jardim das Rosas dois suspeitos de participarem do tribunal do crime no Capão Redondo.

    Segundo em entrevista a reportagem do G1, policiais disseram a equipe de reportagem que eles haviam executado seis pessoas na semana passada.  No interior de um barraco, além do barraco eles também usam uma casa em uma das entradas da comunidade de onde tinham visão privilegiada de toda a comunidade.

    Além da prisão de dois suspeitos no local, também foram apreendidas diversas porções de drogas,

    Uma terceira pessoa também foi presa, os policiais agora procuram outros suspeitos.

    Entre os presos estão Alberto Mota Gonçalves, conhecido pela alcunha de ‘Capão’ e, Jorge Yuri de Jesus Soares Barbosa, o “Orelha”.  Segundo os policias que participaram da prisão os suspeitos confessaram terem participado da chacina.

    Segundo oSuspeito em entrevista à reportagem do G1, eles disseram terem matado as vítimas para proteger o trabalho deles.

    Um dos suspeitos, conhecido como Capão, também vai responder por tentativa de suborno.  Pois na hora de sua prisão de acordo com o tenente Danilo Goulart, ele havia oferecido R$300 mil para sua liberdade.

    Daniel Quental/Sebrajor

     

    Siga-nos nas redes sociais

       

      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *