Falta de médicos e enfermeiros é o grande gargalo da UPA do Campo Limpo

    122 total views, 1 views today

    Por Daniel Dantas/Sebrajor

    Apesar dos esforços dos atendentes, seguranças e equipe de Saúde da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Campo Limpo, a espera média para se 66 no médico ultrapassa às 8h.

    Tempo médio de atendimento de pacientes na UPA.

    Do momento em que uma pessoa pega a senha na recepção da UPA, localizada no anexo do Hospital Campo Limpo, até a sua passagem pela sala 16, setor de medicação da unidade o paciente fica em torno de 12h a disposição da equipe médica.

    Embora nenhum dos profissionais da unidade se dispor em falar do problemas abertamente,  más entre eles a reclamação corre solta.

    As reclamações mais comuns 

    O ponto alto da reclamação dos funcionários são  três basicamente: falta de profissionais e demora no atendimento nas UBS.  Impactando às UPAs,  com pacientes que poderiam ser acompanhados pelas UBS. Falta de funcionários na própria UPA para dar conta dos serviços dentro da normalidade frente a demanda. Pacientes mal educados que não conseguem entender o problema.

    O Gargalo do atendimento no Hospital dei Campo Limpo.

    O gargalo do atendimento na UPA, Campo Limpo está basicamente na falta de médicos.  Pois o profissional precisa atender na clínica aos pacientes ambulatoriais que vão fazer consultas e, dar atendimento ao Ps do Hospital,  quando pacientes chegam infartando ou coisas do gênero.

    Principais reclamações dos pacientes 

    O tempo de espera que um paciente passa na recepção até ser convidado para passar na consulta médica;

    A falta de médicos na unidade fazendo com que o médico tem que interromper o atendimento ao paciente para atender pacientes da urgência e emergência;

    A demora na que um paciente passa em frente à sala 16 à espera de ser chamado para coleta de exames ou de procedimentos tal como: inalação,  medicamentos,  curativos,  etc.;

    Outra coisa que muitas reclamações foram ouvidas por mim é a falta de informações,  principalmente quando o paciente precisa ser internado,  onde o paciente pre6esperar alguém para conduzir até o local de internação no Hospital Campo Limpo;

    Também nos depararmos com pacientes usando máscara, um forte indício que se trata de alguém com pneumonia ou tuberculose ou ate6mesmo uma doença mais grave.

    Estivemos com paciente chorando por não saber quem vai levar a sua mãe para a internação.

    Também nos depararmos com pacientes precisando de apenas um curativo e, outros que tinha um quadro de fácil identificação que estava precisando de tomar soro,  pois apresentava quadro claro de intoxicação alimentar,  tendo diarréia e vômito constante.

    Siga-nos nas redes sociais

       

      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *