Procura por quarto e cozinha para alugar cai no Capão Redondo e região

    123 total views, 1 views today

    Corretora de imóveis Regina Heyer’s,  que tem um imobiliária há vários anos na região do Capão Redondo disse que a queda por procura de quarto e cozinha caiu 40% em 2018.

    Vários foram os fatores que contribuíram para a queda, um deles foi que muitas famílias procuraram dividir a própria casa com os novos casais, onde os país aceitaram ajudar a filha deixando que o casal morasse em uma edícula na própria casa ou até mesmo no quarto que já era do filho. Isso aconteceu em razão da falta de emprego, sem condições de pagar aluguel Jair de Alcântara rodrigues continuou ocupando o quarto de solteiro e, o dinheiro que seria do aluguel está investindo na compra de um terreno no Valo Velho.

    Além dessa condição muitos casais preferiram pagar mais caro no aluguel de imóveis que ficasse mais próximo de seu trabalho, com é o caso do casal Maia (Paulo e Cláudia), ambos trabalham em industria de confecções na região do Brás, veja o que eles disseram:” vale a pena muitas vezes você pagar até o dobro do valor do aluguel por aqui perto do emprego, o que teríamos que gastar com condução deixamos para o aluguem, ganhamos tempo e qualidade de vida”, concluindo: a família vamos ver todo final de semana, pelo menos agora temos aonde ir eu recomendo isso.

    Porém além da queda na procura de quarto e cozinha, os valores por esse tipo de imóvel está muito acima da realidade da maioria das pessoas com o perfil para esse imóvel, disse a corretora Regina Heyer’s, que não se trata de 30% do valor da renda do casal, trata-se de desemprego, hoje muitos casas estão desempregados, vivendo de bico, logo os preços praticados em 2016,2017 e, inicio de 2018, que era de R$$600,00 à R$700,00 é muito alto, quando o valor deveria ser a metade, ou talvez um pouco mais, concluiu ela dizendo, ou abaixam o preço ou vão continuar sem alugar.

    Por fim concluiu ela: “nos últimos cinco anos, as pessoas que tinham como fazer um puxadinho em casa, viram nessa modalidade de imóvel uma condição e oportunidade para melhorar a renda da família, aumentando com isso mais de 300% na oferta de imóveis de dois cômodos ( quarto e cozinha) na região, afirmou”. Juarez alvez, outro corretor de imóveis que trabalha na região há mais de 20 anos e tem uma imobiliária na estrada de itapecerica.

    Ainda segundo  Jurandir Alves: “muitos casais estão à procura de imóveis com três cômodos do que quarto e cozinha,  de preferência com entrada independente, sem contar os que visam garagem, por essa razão cresceu a demanda para locação de apartamentos na Cohab adventista, já que além de dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro e área de serviços, ainda tem a garagem e o condomínio é super barato”, completando se é de uma pessoa pagar R$700, 00 para alugar um quarto e cozinha misturado com muita gente no mesmo quintal, é preferível colocar R$150 ou R$200 reais a mais e ter maior conforto morando em apto.

    Por Daniel Dantas/Sebrajor

     

     

    Siga-nos nas redes sociais

       

      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *